Discente: João Pedro Abraham Tosta

Título da dissertação: Extra, extra: o racismo que se noticia e que se lê

Orientador(a): Lúcia Helena Martins Gouvêa

Ano da defesa: 2019

Páginas: 130

Resumo:

A proposta deste trabalho é estudar as estratégias linguístico-discursivas utilizadas pelo discurso midiático que contribuem para a manutenção do racismo. A fundamentação teórica é formada pela associação entre a Teoria Semiolinguística do Discurso, de Patrick Charaudeau e Análise Crítica do Discurso, de Teun van Dijk. Além dessas referências, o trabalho também conta com os apontamentos de Muniz Sodré sobre o discurso midiático e do estudo de Lúcia Helena Martins Gouvêa sobre as estratégias de patemização. O corpus é formado por 13 notícias do jornal Extra online publicadas entre os meses de setembro e novembro de 2017. O principal objetivo é verificar o comportamento linguístico-discursivo das notícias quanto às estratégias de patemização e quanto à postura antirracista ou não do eu enunciador. Acerca da metodologia, primeiro se empreende uma análise qualitativa que visa à descrição das estratégias de patemização e a verificação da postura do texto quanto ao racismo. Em seguida, uma análise quantitativa a fim de dimensionar os resultados da análise qualitativa.

Palavras-chave: Semiolinguística; Análise Crítica do Discurso; Racismo; Discurso Midiático; Notícia.

Abstract

The purpose of this paper is to study the linguistic-discursive strategies used by the media discourse that contribute to the maintenance of racism. The theoretical basis is formed by the association between the Semiolinguistic Theory of Discourse, by Patrick Charaudeau and Critical Discourse Analysis, by Teun van Dijk. In addition to these references, the work also counts Muniz Sodré's notes on the media discourse and the study by Lúcia Helena Martins Gouvêa on the strategies of patemization. The corpus is formed by 13 news from the online Extra newspaper published between the months of September and November of 2017. The main objective is to verify the linguistic-discursive behavior of the news regarding the strategies of patemization and as to the antiracist stance or not of the enunciator. Regarding the methodology, a qualitative analysis is first undertaken to describe the strategies of paternity and the verification of the stance of the text on racism. Then, a quantitative analysis in order to size the results of the qualitative analysis.

Keywords: Semiolinguistics; Critical Discourse Analysis; Racism; Media Speech; News.

Coordenação

Coordenador: Prof. Dr. Adauri Bastos

Vice-coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ