Discente: Jerusa Silva Nina de Azevedo

Título da dissertação: A poesia de Cecília Meireles e a Segunda Guerra Mundial

Orientador(a): Eucanaã de Nazareno Ferraz

Ano da defesa: 2019

Páginas: 88

Resumo:

Cecília Meireles se autodefinia como a pastora das nuvens e talvez seja essa uma das razões pelas quais a autora tenha ficado marcada na crítica nacional como sendo etérea ou mesmo estigmatizada como alienada. Ocorre que em tempos de análise de sua poesia, deve-se perquirir o que significa ser pastora das nuvens. Sabe-se que a poeta publicou ainda adolescente, integrou a revista Festa, dirigiu Página de Educação e foi militante a favor de direitos imprescindíveis à sociedade e à mulher. De modo algum Cecília Meireles era alienada. Sua decisão poética de pastorear nuvens consistia em aparente ausência do mundo real para manejar sua arte e estar presente em seu mundo poético, além de nele abordar a vida, as pessoas, as paisagens, as viagens que seu espírito crítico havia respirado e vivido. Esta dissertação analisa poemas de guerra de Cecília Meireles e chama atenção para um novo olhar sobre sua obra, que perpassa campos peculiares, procurando elucidar como a poética eminentemente feminina da autora também se debruçou sobre um universo a priori classificado como próprio ao universo masculino e como sua expectativa vigilante ao sofrer pressão brutal causada pelo ingresso do país no conflito da Segunda Guerra Mundial levou esse sentir para a sua escrita.

Palavras-chave: Cecília; poesia; guerra.

Abstract:

Cecilia Meireles defines herself as the shepherdess of the clouds and is perhaps one of the reasons why the author has been marked in the national criticism as being ethereal or even stigmatized as alienated. It happens that in times of analysis of her poetry, one must ascertain what it means to be a shepherd of the clouds. It is known that the poet published still adolescent, integrated the magazine Festa, directed Education Page and was militant in favor of essential rights to society and to women. Cecilia Meireles was by no means alienated. His poetic decision to shepherd clouds consisted in the apparent absence of the real world to manage his art and to be present in his poetic world and in him to approach the life, the people, the landscapes, the trips that his critical spirit had breathed and lived. This dissertation analyzes Cecília Meireles' war poems and draws attention to a new look at her work, which runs through peculiar fields, seeking to elucidate how the author's eminently feminine poetics also looked at an a priori universe classified as belonging to the masculine universe and as his vigilant expectation of suffering brutal pressure from the country's entry into the Second World War conflict brought that feeling to his writing.

Keywords: Cecilia; poetry; war.

Coordenação

Coordenador: Prof. Dr. Adauri Bastos

Vice-coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ