Discente: Mariana Souza Temoteo

Título da dissertação: A mimésis na obra As visitas do Dr. Valdez, de João Paulo Borges Coelho.

Orientador(a): Nazir Ahmed Can

Ano da defesa: 2020

Páginas: 91

Resumo:

“Focalizando As visitas do Dr. Valdez (2004), segundo romance de João Paulo Borges Coelho, analisaremos a relevância do elemento mimésis que, segundo Homi K. Bhabha, perpassa a relação social entre colonizador e colonizado, neste caso em um espaço doméstico simbolicamente referenciado a Moçambique. Sá Caetana, Sá Amélia, Vicente e Dr. Valdez, as quatro personagens principais, convivem no apartamento de forma tensa e, ao mesmo tempo, constituem algo próximo a uma estrutura familiar. As visitas são projetadas por Sá Caetana, senhora mulata, mais ligada à esfera colonizadora, e Vicente, jovem negro colonizado, para animar os dias de Sá Amélia, irmã da primeira e mulher frágil, mais velha e dependente. A mimésis é o arcabouço da representação entre as personagens para deflagrar a relação de ambivalência colonial. A interpretação, assim, evidenciará o conflito social pertencente ao sistema colonial e apoiar-se-á em textos críticos sobre a obra do escritor moçambicano, teóricos sobre os modos de representação e subsídios da historiografia.”

Palavras-chave: Mimésis; representação; Moçambique; João Paulo Borges Coelho.

Abstract:

“From As visitas do Dr. Valdez (2004), second novel by João Paulo Borges Coelho, we analyze the interference of the mimesis element that, according to Homi K. Bhabha, runs through the social relationship between colonizer and colonized, in this case in a domestic space symbolically referenced to Mozambique. Sá Caetana, Sá Amélia, Vicente and Dr. Valdez, the four main characters, live in the apartment in a tense way and, at the same time, constitute something close to a family structure. The visits are designed by Sá Caetana, a colonizing Mulatto lady, more connected to the colonizing sphere, and Vicente, a young black colonized, to liven up the days of Sá Amélia, sister of the first and fragile, older and dependent. Mimésis is the framework of representation between the characters to trigger the relationship of colonial ambivalence. The interpretation, thus, will show the social conflict belonging to the colonial system and will be supported by critical texts on the work of the Mozambican writer, theorists on the modes of representation and subsidies of historiography.”

Keywords:Mimesis; representation; Moçambique; João Paulo Borges Coelho.

Coordenação

Coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia

Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Eliete Figueira Batista da Silveira 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ