Discente: Nádia Garcia Mendes

Título da tese: A Imaginação Poética do Corpo de baile rosiano

Orientador(a): Ronaldes de Melo e Souza

Ano da defesa: 2020

Páginas: 237

Resumo:

A Imaginação Poética do Corpo de baile rosiano propõe uma leitura do entrelaçamento das imagens do livro de Guimarães Rosa, a partir do princípio de composição da obra, da relação estabelecida entre as partes e o todo. Imaginação refere-se à consciência que, em autodesdobramento, conjuga ato criativo e reflexão crítica. O livro é o leitor de si mesmo, em “parábase permanente” e indissociável da expressão poética da palavra reveladora de mundividência e forma originais. Imaginação poética corresponde ao verbo, à criação material e dinâmica da linguagem sintonizada ao velamento e desvelamento cosmogônico. Iniciamos a Tese com a concepção editorial do livro, com o pensar poético vinculado a índices e epígrafes. Posteriormente, no segundo capítulo, realizamos a interpretação das novelas, com as quais descerramos o corpo imagético de Corpo de baile. Em autodesdobramento, tal como a imaginação criadora, retornamos aos capítulos anteriores, que sinalizam a tessitura, o espelhamento das parábases e estórias rosianas.

Palavras-chave: Literatura Brasileira; Guimarães Rosa; Poética; Estudos narrativos; Crítica Literária

Abstract:

A Imaginação Poética do Corpo de baile rosiano proposes a reading of the interlacement of images in the Guimarães Rosa’s book, from the principle of composition of the work, of the established relation between the parts and the whole. Imagination refers to the consciousness which, in a self-unfolding process, associates the creative act and the crítica reflection. The book is its own reader, in a “permanent parabasis” and indissociable from the poetic expression of the word that reveals original worldview and form. Poetic imagination corresponds to the verb, to the material and dynamic creation of the language syntonized to the cosmogonic veiling and unveiling. We begin the thesis with the editorial conception of the book, with the poetic thinking linked to indexes and epigraphs. Posteriorly, in the second chapter, we perform the interpretation of the novels, with which we unravel the imagistic body of “Corpo de baile”. In a self-unfolding process, as in the creative imagination, we return to the previous chapters, which signalize the tessitura, the mirroring of the parabasis, and Rosa stories

Keywords: Brazilian Literature; Guimarães Rosa; Poetic; Narrative Studies; Literary Criticism.

Coordenação

Coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia

Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Eliete Figueira Batista da Silveira 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ