Discente: Abigail Ribeiro Gomes

Título da tese: Mitigando a dor dos irreconciliáveis: Leite Moraes e Macunaíma

Orientador(a): Godofredo de Oliveira Neto

Ano da defesa: 2019

Páginas: 220

Resumo:

Esta tese aborda dois heróis: duas personagens que empreenderam sagas, fizeram trajetos, encenaram ações, pintaram cenários. De tudo isso surgiram ‘relatos’, narrativas sobre eles, deslocados, integrantes e/ou protagonistas de seus espaços e contextos. As duas personagens são Joaquim de Almeida Leite Moraes, autor e protagonista de Apontamentos de Viagem, e Macunaíma, protagonista da rapsódia homônima de Mário de Andrade. Macunaíma é, sabidamente, uma obra que estabelece relações com diversas outras obras, como o próprio autor mostrou nos prefácios da obra e como muitos estudiosos da rapsódia também já demonstraram. Porém, pouco se escreveu acerca da relação estabelecida entre as obras de avô e neto, além da menção ao parentesco. Assim, esta tese verifica em que termos se estabelece a relação-diálogo entre os livros de Leite Moraes e de Mário de Andrade. As observações se dão em dados comparativos das obras, considerando: a formulação de uma historicidade não existente em termos de tradição e cultura literária nacional anterior às referidas obras e ao forjamento de um ‘herói’; o posicionamento de cada um desses ‘heróis-protagonistas’ nos espaços e nas culturas apresentadas nas obras, nas suas condições de inseridos em uma cultura diversa e reinseridos em suas culturas de origem, porém modificados; a narração das ações e dos ‘causos’, observando em especial como os cenários são pintados e as ações são encenadas, os recursos estéticos utilizados para a realização da pintura-encenação e como se deu o processo narrativo de cada obra. Desta forma, a tese apresenta a relação entre Leite Moraes e Macunaíma prioritariamente, entre protagonistas e condutores dos fatos da narrativa; propõe, além disso, uma outra forma de diálogo estabelecida por Mário de Andrade na composição de sua rapsódia e insere nos estudos literários a obra de Leite Moraes, ainda não observada neste campo do conhecimento.

Abstract:

This research approaches two heroes: two characters who lived sagas, passed trajectories, staged actions, painted sceneries. From all of that reports emerged, narrations about those men who were displaced, protagonists and/or part of their spaces and contexts. The two characters are Joaquim de Almeida Leite Moraes, author and protagonist of Apontamentos de Viagem, and Macunaíma, protagonist of the homonym rhapsody written by Mário de Andrade. Macunaíma is known as a work which stablishes relations with many other works, as its author presented in its prefaces and as many studies have also demonstrated. However, it has been written very little about the relation between the works made by grandfather and grandson, beyond the family relationship. Therefore, this thesis checks the aspects of the relation-dialogue between the books written by Leite Moraes e Mário de Andrade. The observations are made to stablish comparisons, considering: the formulation of a historicity, non-existent in terms of tradition and national literary culture before both books and the formulation of a ‘hero’; the places and the postures of these ‘protagonist-heroes’ in the places and the cultures presented during the stories, their conditions as inserted in a diverse culture and reinserted in their own culture after being modified; the narrations of actions and ‘stories’, considering specially the way the sceneries were painted and the actions were performed, the aesthetic resources used to make the paintingperformance and the way the narrative process happened in each work. This way, the thesis presents the relation between Leite Moraes and Macunaíma primarily, between protagonists and conductors of the facts of their narratives; the thesis also proposes another way of dialogue stablished by Mário de Andrade for the composition of his rhapsody and it includes the work made by Leite Moraes in the literary studies , which has not been observed in this field of knowledge yet.

Coordenação

Coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia

Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Eliete Figueira Batista da Silveira 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ