Discente: Ricardo Vieira de Lima

Título da tese: #QUERVERSOUEU: a revalorização da subjetividade na poesia contemporânea

Orientador(a): Eucanaã de Nazareno Ferraz

Co-orientador(a): Eduardo dos Santos Coelho

Ano da defesa: 2019

Páginas: 225

Resumo:

Esta tese tem por objetivo investigar e analisar um tema contemporâneo que parece estar diretamente envolvido na produção poética de determinados grupos de autores brasileiros que estrearam na literatura entre as décadas de 1980 e 2000. Esse tópico, aqui chamado de revalorização da subjetividade, refere-se a um fenômeno que aparentemente iniciou-se no começo do novo século, mas que de fato tem suas origens nas décadas de 1970 e 1980. Para fins práticos de análise da produção poética dos autores, o corpus do trabalho foi dividido em quatro grupos: o primeiro, formado por alguns poetas cujas obras iniciais/principais foram publicadas nos anos 1980, a exemplo de Paulo Leminski, Ana Cristina Cesar, Glauco Mattoso, Paulo Henriques Britto, Adriano Espínola e João Moura Jr. Os segundo e terceiro grupos abrangem autores ligados, respectivamente, a duas revistas de poesia que surgiram em meados da década de 1990: Inimigo Rumor e Azougue. O quarto grupo é formado por poetas que optaram por manter uma postura mais independente, não se inserindo formalmente nos segundo e terceiro grupos, embora, eventualmente, alguns deles tenham dialogado com ambos. Em geral, esses poetas surgiram em torno de pequenas editoras especializadas na edição de poesia ou em selos (coleções específicas) de grandes editoras, as quais revelaram nomes como Alexei Bueno, Eucanaã Ferraz, Claudia Roquette-Pinto, Alberto Martins, Antonio Cicero, Fábio Weintraub e Ana Martins Marques. Ao longo do trabalho, foram trazidos conceitos e posicionamentos teóricos relacionados ao tema, elaborados por Hegel (2010), Friedrich (1991), Staiger (1974), Adorno (2012), Collot (2004; 2018), Agamben (2009), Hamburger (2007), Berardinelli (2007), Merquior (1983), Huyssen (1991), Arfuch (2010) e Sarlo (2005), dentre outros.

Palavras-chave: Revalorização da subjetividade. Poesia brasileira contemporânea. Anos 1980-2000.

Abstract:

This study aims to investigate and analyze a contemporary theme that seems to be directly involved in poetic production of certain groups of Brazilian authors who debuted in literature between the decades of 1980 and 2000. This topic, here called revaluation of subjectivity, refers to a phenomenon apparently initiated at the start of the new century, but that in fact has its origins in the decades of 1970 and 1980. For practical purposes of analyzing the authors' poetic production, the corpus of the work was divided in four groups: the first, formed by some poets whose initial/main works were published in the 1980s, such as Paulo Leminski, Ana Cristina Cesar, GlaucoMattoso, Paulo Henriques Britto, Adriano Espínola and João Moura Jr. The second and third groups encompass authors connected, respectively, to two poetry magazines that appeared in the mid-1990s: Inimigo Rumor and Azougue. The fourth group comprise poets who chose opted for maintaining a more independentstance, refraining frominserting themselves formally in the second or third groups, although, eventually, some of them have dialogued with both. In general, these poets arose around small publishers specialized in the editing of poetry or in specific collections of large publishers, which revealed names such as Alexei Bueno, Eucanaã Ferraz, Claudia Roquette-Pinto, Alberto Martins, Antonio Cicero, Fábio Weintraub and Ana Martins Marques. Throughout the thesis, were brought concepts and theoretical approaches associated to the theme, elaborated by Hegel (2010), Friedrich (1991), Staiger (1974), Adorno (2012), Collot (2004; 2018), Agamben (2009), Hamburger (2007), Berardinelli (2007), Merquior (1983), Huyssen (1991), Arfuch (2010) and Sarlo (2005), among others.

Keywords: Revaluation of subjectivity. Contemporary Brazilian poetry. Decades of 1980-2000.

Coordenação

Coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia

Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Eliete Figueira Batista da Silveira 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ