Discente: Alexandre Silva Damascena

Título da tese: Um ironista em cena: a obra dramática de Machado de Assis

Orientador(a): Godofredo de Oliveira Neto

Ano da defesa: 2019

Páginas: 148

Resumo:

Esta tese tem como objetivo analisar a ironia dramática como dispositivo estruturador da dramaturgia de Machado de Assis. Diferentemente da sua prosa em que a sua estrutura perpassa por um narrador irônico, o teatro tem a sua gênese no diálogo, portanto, não existe um narrador mediando os acontecimentos. Eles são apresentados diretamente pelos personagens. É justamente no entendimento e no estudo das diferenças dos gêneros textuais romance e dramaturgia que observamos o valor desta pesquisa. Por outro lado os poucos estudos do teatro de Machado pedem um olhar mais profundo que lhe dê um novo significado. No contexto da dramaturgia nacional o teatro de Machado de Assis nunca teve a mesma recepção que seus romances. A gloria de maior escritor brasileiro alcançada com sua prosa nunca teve reflexo em suas peças. Muitos críticos consideram seu teatro como algo menor em sua obra. As centenas de pesquisas no Brasil e no exterior sobre seus livros e contos, o credenciam como um dos escritores mais estudados do país, no entanto a sua dramaturgia resume-se a uma mingua dezena de estudos. O presente trabalho dedica-se a investigação da ironia como forma literária no teatro de Machado de Assis. A partir do estudo do conceito de ironia dramática proposto por Patrice Pavis e da ironia literária buscaremos através da análise das peças de Machado perceber como ela se apresenta não apenas nos diálogos, mas como dispositivo articulador da sua forma dramática.

Palavras-chave: Teatro; Machado; ironia.

Abstract:

This thesis aims to analyze the dramatic irony as structuring device of the dramaturgy of Machado de Assis. Unlike your prose in which your structure is by a narrator ironic, the theater has your Genesis in dialogue, so there is no Narrator mediating events. They are submitted directly by the characters. It is precisely in the understanding and study of the differences of genre romance and drama that we see the value of this research. On the other hand the few Machado theatre studies call for a deeper look that gives a whole new meaning. In the context of the national drama Theater of Machado de Assis has never had the same reception that his novels. The greatest Brazilian writer achieved glory with your prose never had a reflection in his plays. Many critics consider your theater as something less in your work. Hundreds of research in Brazil and abroad about his books and short stories, qualify as one of the most studied writers in the country, however your drama about a dozen studies wanes. Motivated by the reflections on the irony as a principle Designer, the present work is dedicated to investigation of irony as a literary form in all parts of Machado de Assis. We seek to understand each piece while parts of the architectural unit of meaning. From the study of the concept of dramatic irony proposed by Patrice Pavis and of literary irony will seek through the analysis of Axe realize how she presents herself not only in dialogue, but as articulator of your device dramatically

Keywords: Theatre; Machado; irony.

Coordenação

Coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia

Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Eliete Figueira Batista da Silveira 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ