Discente: Patrícia Affonso de Oliveira

Título da tese: A Recomposição com os afixoides de primeira posição: um continuum morfológico

Orientador(a): Carlos Alexandre Victorio Gonçalves

Ano da defesa: 2018

Páginas: 286

Resumo:

Pretendemos, neste trabalho, fazer uma análise do processo morfológico conhecido como recomposição em português, focalizando os elementos de primeira posição, como, por exemplo, eco-, homo-, foto- tele-, bio-, euro-, petro- moto-. Procuramos mostrar que esse mecanismo de ampliação lexical compartilha propriedades da composição e da derivação, justificando, assim, a proposta de continuum defendida por autores como Kastovsky (2009), Gonçalves (2011a) e Gonçalves & Andrade (2012; 2016). Além disso, intentamos mapear os formativos que participam desse processo, nos dias de hoje, mostrando em que aspectos se assemelham a radicais e que propriedades compartilham com afixos. A recomposição é o processo pelo qual há um encurtamento de uma palavra, outrora composta (uma formação dita neoclássica), e um formativo, geralmente o de primeira posição, adquire o significado de todo o composto. O radical encurtado não preserva o sentido etimológico da forma-gatilho de onde se desprendeu e, semanticamente modificado, junta-se a uma forma linguística (na maioria das vezes livre), formando uma nova palavra, mas não mais com o significado que encontramos na formação neoclássica original. Pretendemos observar se o volume de formas presas, que se comportam como afixos, como eco-, é maior que o das formas potencialmente livres, como foto- que mais se assemelham a palavras.

Palavras-chave: Recomposição; afixoides; continuum morfológico.

Abstract:

―In this work/paper/study, we intend to analyze the morphological process known as ―recomposição‖ in Portuguese, focusing on the elements of first position, such as, echo - homo - photo - tele - bio - euro - petro - moto-. We try to demonstrate that this mechanism of lexical enlargement shares properties of the composition and of the derivation, justifying, the proposal of continuum defended by authors as Kastovsky (2009), Gonçalves (2011th), and Gonçalves and Andrade (2012; 2016). Besides, we attempt to map the formatives that take partin this process, nowadays, showing in which aspects they resemble the roots and what properties share with affixes.‖ ―‘Recomposição‘ is the process in which there is a shortening of a word, formerly composed (a so-called neoclassical formation), and a formative one, generally of first position, acquires the meaning of the whole compound. The shortened root does not preserve the etymological sense of the trigger-form from which it has been detached, and, semantically modified, it joins a language form (often free), forming a new word, but no longer with the meaning we find in the original neoclassical formation. We intend to observe if the volume of fixed forms, which behave like affixes, is greater than the potentially free forms, which most resemble words‖

Key-words: "recomposição"; "afixoides"; continuum morphological.

Coordenação

Coordenador: Prof. Dr. Adauri Bastos

Vice-coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ