Discente: José Augusto de Oliveira Pires

Título da tese: Uma abordagem Construcional dos splinters não nativos no português do Brasil

Orientador(a): Carlos Alexandre Victorio Gonçalves

Ano da defesa: 2018

Páginas: 188

Resumo:

A presente tese tem por objetivo fazer uma análise dos splinters, especificamente dos não nativos, também denominados Xenoconstituintes (GONÇALVES & ALMEIDA, 2012), à luz do arcabouço teórico da Morfologia Construcional (BOOIJ, 2005, 2007 e 2010). Para tal, procuraremos (a) descrever o que vêm a ser essas partículas, (b) mapear e inventariar quais splinters não nativos são utilizados contemporaneamente nas estruturas morfológicas do português, (c) examinar o comportamento dos mesmos em termos de grau de nativização, ou seja, quais estariam mais adaptados à fonologia e à morfologia da língua portuguesa e (d) representá-los por intermédio de esquemas construcionais propostos por Booij (2005, 2007 e 2010) e, posteriormente, adaptados para o português em Gonçalves & Almeida (2012).

Palavras-chave: Morfologia Construcional; Splinters; Xenoconstituintes; Formação de palavras

Abstract:

The present thesis aims to make an analysis of splinters, specifically the non native ones, also called Xenoconstituents (GONÇALVES & ALMEIDA, 2012), in the light of the theoretical framework of Constructional Morphology (BOOIJ, 2005, 2007 and 2010). To do so, we will try to (a) describe what these particles are, (b) map and inventory which non native splinters are used contemporaneously in Portuguese morphological structures, (c) examine their behavior in terms of degree of nativization, that is, which ones would be better adapted to the phonology and morphology of the Portuguese language, and (d) to represent them through constructional schemes proposed by Booij (2005, 2007 and 2010) and later adapted to Portuguese in Gonçalves & Almeida ( 2012).

Key-words: Constructional Morphology; Splinters; Xenoconstituents; Word formation.

Coordenação

Coordenador: Prof. Dr. Adauri Bastos

Vice-coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ