Discente: Shélida da Silva dos Santos

Título da dissertação: A representação do sujeito em sentenças inacusativas no português europeu: uma análise diacrônica

Orientador(a): Maria Eugênia Lammoglia Duarte

Coorientador(a): Humberto Soares da Silva

Ano da defesa: 2018

Páginas: 113

Resumo:

Este trabalho investiga a ordem V-DP/DP-V em sentenças inacusativas no português europeu (PE) com base em uma amostra de peças teatrais escritas nos séculos XIX e XX e compara os resultados com o estudo de Santos (2008) e Santos e Soares da Silva (2012), que contemplaram o mesmo fenômeno no português brasileiro (PB). Estudos anteriores sobre sentenças declarativas no PB (BERLINCK, 1988, 1989, 2000; BERLINCK e COELHO, no prelo, entre outros) apontam que essa língua estaria passando por uma mudança na ordem V-DP: antes era produtiva inclusive em contextos com verbos transitivos e intransitivos, passando a se restringir aos contextos com verbos inacusativos desde fins do século XX, especialmente para DPs com os traços [+novo] e [- definido]. Santos e Soares da Silva (2012) apontam uma mudança específica com o grupo de verbos morrer, nascer e envelhecer, que, no córpus analisado, selecionam sempre um argumento com o traço [+humano] e apresentam sujeito categoricamente anteposto (SANTOS e SOARES DA SILVA, 2012). Como no PE não se observa mudança em direção ao preenchimento do sujeito, esperamos que os resultados revelem um comportamento estável ao longo dos períodos analisados e o PE prefira sujeitos nulos para referentes evocados. Os resultados apontam para a estabilidade da produção de sujeitos nulos no PE, bem como a preferência pela ordem V-DP com sujeito novo e indefinido, como já era esperado por se tratar de um sistema de sujeito nulo. A ordem V-DP no PB é comparável à do PE, o que reforça a importância do verbo inacusativo na resistência da ordem V-DP no PB. Para embasar a análise, serão utilizados os pressupostos teóricos da Gramática Gerativa (CHOMSKY, 1981), com foco no Parâmetro do Sujeito Nulo e os passos empíricos da Teoria da Variação e Mudança (WEINREICH, LABOV e HERZOG, 2006 [1968]). As rodadas dos dados foram realizadas com o programa GoldVarb X (SANKOFF, TAGLIAMONTE e SMITH, 2005).

Palavras-chave: variação e mudança; princípios e parâmetros; sujeito nulo; ordem V-DP/DP-V; verbos inacusativos.

Abstract:

This paper analysis the V-DP/DP-V order in declarative sentences with unaccusative verbs in European Portuguese (EP) based in theater plays written accross the 19th and the 20th Centuries, comparing the results with those found by (SANTOS, 2008; SANTOS & SOARES DA SILVA, 2012) for a comparable sample of Brazilian Portuguese (BP). Previous works on declaratives sentences about BP (BERLINCK, 1988, 1989, 2000; BERLINCK & COELHO, no prelo, entre outros) pointed out a change in the licencing of VS order, which was allowed with transitive and intransitive verbs and has become restricted to unaccusative verbs in the second half of the 20th Century, especially in cases that exhibit a DP with the features “indefinitive” and “new”. Santos & Soares da Silva (2012) pointed out the especific change with verbs to die, to be born, to get old when selecting a [+human] DP, which present categorical DP-V order in the sample analyzed. Since EP is described as a consistent null subject language, we expect the analysis to reveal a stable behavior accross the time with preference for null subjects with “old” referents and V-DP with new referentes. The comparison reveals that the order V-DP is comparable in both varieties, which reinforces the importance of the unaccusative verb in the resistance to such order in BP. The theoretical background uses the assumptions of Generative Grammar, particularly the null Subject Parameter (CHOMSKY, 1981), in association with the empirical steps proposed by the Theory of Language Variation and Change (WEINREICH, LABOV e HERZOG, 2006 [1968]). The statistical analysis used the Program GoldVarb X (SANKOFF, TAGLIAMONTE & SMITH, 2005).

Keywords: variation and change; principles and parameters; null subjects; VDP/ DP-V order; unaccusative verbs

Discente: Raphaela Ribeiro Passos

Título da dissertação: O ditongo /ei/ na variedade urbana do português de São Tomé

Orientador(a):Silvia Figueiredo Brandão

Ano da defesa: 2018

Páginas: 90

Resumo:

Este estudo, realizado segundo os princípios teórico-metodológicos da Sociolinguística Variacionista (LABOV, 1972, 1994, 2001) e vinculado à linha de pesquisa Língua e Sociedade: Variação e Mudança e ao projeto O vocalismo átono no Português do Brasil e no Português de São Tomé, tem por objetivo analisar o comportamento do ditongo /ei/ na variedade urbana do Português de São Tomé (PST). Busca-se verificar se, a exemplo do que ocorre com relação a variáveis morfossintáticas, há, também no nível fonético-fonológico, convergências entre essa variedade e o Português do Brasil, em que a monotongação é condicionada por fatores de natureza estrutural, entre os quais sobressai o contexto subsequente. Para a análise, realizada com apoio no Programa GOLDVARB-X, constituiu-se uma amostra de 736 dados selecionados de 17 entrevistas do tipo DID (Diálogo entre Informante e Documentador) pertencentes ao Corpus VAPOR (Variedades do Português) do Centro de Linguística da Universidade de Lisboa. Os informantes, falantes de Português como L1, estão distribuídos por sexo, três faixas etárias e três níveis de escolaridade e, ainda, segundo a variável frequência de uso do crioulo Forro, a segunda língua mais falada na área, que se caracteriza por acentuado multilinguismo. Focalizou-se, separadamente, o ditongo /ei/ em contexto medial de vocábulo (417 dados), como em azeite,deitar, feitor, e, em contexto final (319 dados), em formas verbais como comecei, fiquei, estudei, levando em conta as citadas variáveis extralinguísticas e, ainda, 5 variáveis estruturais, definidas com base em estudos realizados no âmbito do PB. Os resultados demonstram que a monotongação, que incide em 70,1% dos dados gerais (516/736), tem diferente motivação a depender da posição do ditongo no vocábulo. Em contexto medial, ela é condicionada pelas variáveis escolaridade (indivíduos de menor grau de instrução) e contexto subsequente, em que sobressaem os segmentos [ʃ ʒ ɾ]), a exemplo do que ocorre no PB. Em contexto final, mostrou-se saliente a variável frequência de uso do crioulo Forro, o que sugere que indivíduos que se utilizam dessa língua com significativa regularidade são os principais implementadores do processo que pode estar sendo motivado por especificidades do seu quadro fonológico.

Palavras-chave: ditongo /ei/; monotongação; Português de São Tomé; Socioliguísticavariacionista.

Abstract:

This study, framed by the theoretical and methodological principles of Variationist Sociolinguistics (LABOV, 1972, 1994, 2001) and connected with the line of research Língua e Sociedade: Variação e Mudança (Language and Society: Variation and Change) and with the project O vocalismo átono no Português do Brasil e no Português de São Tomé (Unstressed vocalism in Brazilian Portuguese and São Tomé Portuguese), addressed the behaviour of the /ei/ diphthong in the urban variety of São Tomé Portuguese.The intention was to ascertain whether, as occurs with morphosyntactic variables, there are also phonetic and phonological convergences between this variety and Brazilian Portuguese (BP), where monophthongisationis conditioned by structural factors, particularly following context. The analysis, conducted using GOLDVARB-X, examined a sample of 736 tokens selected from 17 Informant-Documenter Dialogue (DID-type) interviews drawn from the VAPOR (Varieties of Portuguese) Corpus of Lisbon University‟s Linguistics Centre. The informants were L1 Portuguese speakers distributed by sex, three age groups and three levels of schooling, and also by the variable frequency of use of Forro creole, the second most spoken language in the area, which is strongly multilinguistic. Separately, the study addressed the /ei/ diphthong in a word-medial context (417 tokens), as in azeite (olive oil), deitar (lie down), feitor (foreman), and in a word-final context (319 tokens), in verb forms, such as comecei (I started), fiquei (I stayed) and estudei (I studied), bearing in mind extralinguistic variables, as well as five structural variables, specified on the basis of studies in relation to Brazilian Portuguese (BP). The results demonstrate that monophthongisation, which appears in 70.1% of the tokens overall (516/736), obeys different motivations, depending on the position of the diphthong in the word. In the medial context, it is conditioned by the variables schooling (individuals with less time at school) and following context, where the segments [ʃ ʒ ɾ]) figure prominently, as in BP. In the final context, frequency of use of Forro creole was the most influential variable, suggesting that individuals who use this language with significant regularity are the ones who most implement the process, which may be caused by specific features of their phonological system.

Keywords: /ei/ diphthong; monophthongisation; São Tomé Portuguese; Variationist Sociolinguistics

Discente: Maria Cristina Vieira Bastos

Título da dissertação: Anáforas encapsuladoras e argumentatividade em notícias

Orientador(a): Leonor Werneck dos Santos.

Ano da defesa: 2018

Páginas: 142

Resumo:

Esta pesquisa tem como objetivo investigar como a referenciação, um dos pilares da nova concepção de texto assumida pela Linguística de Texto, contribui para construção de sentido no gênero textual notícia. Com base na concepção sociocognitiva e interacional da linguagem e de acordo com as pesquisas em referenciação de Koch e Marcuschi (1998), Apothéloz (2001), Mondada e Dubois (2003[1995]), Koch (2002, 2004, 2005, 2006), Cavalcante (2003, 2011, 2014) e Santos (2015), nosso objetivo específico é analisar como o encapsulamento anafórico com núcleo axiológico (CONTE, 2003) pode contribuir para a argumentatividade no texto com vistas a “orientar” o seu sentido, persuadindo o leitor a se engajar no projeto de dizer do enunciador. Para realização desta pesquisa, analisamos notícias publicadas pelas mídias digitais dos jornais O Globo digital e Mídia Ninja, que apresentam posicionamento ideológico e público-alvo distintos. Desse modo, analisamos notícias sobre o impeachment pelo qual passou a primeira mulher presidente da República Federativa do Brasil, Dilma Vana Rousseff, e seus principais desdobramentos, observando como se comportam as anáforas encapsuladoras na construção da argumentatividade no gênero textual notícia nas duas mídias. Os resultados da nossa pesquisa mostram uma maior utilização da estratégia de encapsulamento anafórico com núcleo e/ou modificador axiológico por parte da Mídia Ninja, estabelecendo maior argumentatividade e posicionamento explícito do enunciador acerca dos fatos narrados. Já em O Globo digital, percebemos uma menor utilização da estratégia de encapsulamento anafórico com valor axiológico, provavelmente porque esta mídia tem uma maior preocupação em construir simulacros de imparcialidade, neutralidade e objetividade, com o intuito de persuadir e convencer seu leitor de que seu compromisso é único e exclusivo com a transmissão dos fatos noticiados.

Palavras-chave: Referenciação, anáforas encapsuladoras, argumentatividade, gênero notícia.

Abstract:

This research aims to investigate how the reference, one of the pillars of the new text conception assumed by Text Linguistics, contributes to the construction of meaning in the textual genre news. Based on the sociocognitive and interactional conception of language and according to the researches in Koch and Marcuschi (1998), Apothéloz (2001), Mondada and Dubois (2003), Koch (2002, 2004, 2005, 2006), Cavalcante (2003, 2011, 2014) and Santos (2015), our specific objective is to analyze how anaphoric encapsulation with axiological core (CONTE, 2003) can contribute to the argumentativity of the text in order to "orient" its meaning, persuading the reader to engage in the project of saying the enunciator. In order to carry out this research, we analyzed news published by the digital media of the newspapers O Globo digital and Mídia Ninja, which present different ideology and target audience, about the impeachment by which the first woman president of the Federative Republic of Brazil, Dilma Vana Rousseff, observing how the encapsulating anaphora behaves in the construction of argumentativeness in the news, in both media. The results of our research showed a greater use of the anaphoric encapsulation strategy, with axiological core, by the Mídia Ninja, establishing greater argumentativeness and explicit positioning of the enunciator about the facts narrated. Already in O Globo digital, we perceive less use of the strategy of anaphoric encapsulation with axiological value, e this media has a greater concern in constructing simulacra of impartiality, neutrality and objectivity, probably with the intention of persuading and convincing its reader that its commitment is solely and exclusively with the transmission of the facts reported.

Keywords: Reference, encapsulating anaphora, argumentativity, news genre.

PROJETS, NOYAUX ET LABORATOIRES

Coordenação (fr)

Coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia

Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Eliete Figueira Batista da Silveira 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento (fr)

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço (fr)

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ