Discente: Izabella Domingues Machado

Título da dissertação: A representação do ditongo [ej] na escrita infantil: análise da relação etapas da aquisição da linguagem, aprendizagem da escrita e influência da oralidade

Orientador(a): Eliete Figueira Batista da Silveira

Ano da defesa: 2020

Páginas: 107

Resumo:

A presente pesquisa focaliza a análise das diferentes representações do ditongo [ej] na produção escrita de crianças do Ensino Fundamental, à luz de alguns princípios da Fonologia de base Gerativa. Para a descrição do fenômeno, objetiva-se analisar: i) as diferentes representações do ditongo [ej] na escrita infantil; ii) a atuação de princípios fonológicos sobre o fenômeno; iii) a relação entre o processo de Aquisição da Linguagem e as etapas de aprendizagem da escrita; iv) a influência da fala na escrita; e v) os possíveis condicionamentos estruturais e sociais para a redução do ditongo. A abordagem teóricometodológica desse estudo se baseia: i) nos princípios norteadores da Aquisição da Linguagem (CHOMSKY & HALLE 1968; CHOMSKY, 1978); ii) nos pressupostos da Sociolinguística Variacionista (WEIREICH; LABOV; HERZOG [1968], 2006); iii) nos estudos da Teoria da Sílaba (BISOL, 1989; COLLISCHONN, 2001), e iv) na Teoria da Robustez, postulada por Clements (2009) e trazida para os segmentos do português por Lazzarotto-Volcão (2010). Os dados que serviram de base para a análise foram extraídos de produções escritas por aprendizes que cursam do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública do Município do Rio de Janeiro. O material resultante da coleta de dados foi codificado e analisado quantitativa e probabilisticamente por meio do programa computacional RBrul, a fim de que pudessem ser observados os fatores condicionantes e a atuação de princípios fonológicos comuns às línguas naturais. Dentre os principais resultados, estão: maior frequência de ditongação; monotongação diante de tepe e alveopalatais; influência do afixo para redução de [ej]; estabilização da representação do ditongo com o avançar dos anos de escolaridade; cancelamento do ditongo em sílabas átonas; maior frequência de supergeneralização diante de alveopalatais e em sílabas tônicas. Pretende-se que esses resultados encontrados na presente pesquisa somem informações e contribuam para os estudos anteriormente desenvolvidos, além de possibilitar a elaboração de propostas de atividades que facilitem o processo de aprendizagem da escrita, permitindo à criança analisar e refletir, de forma consciente, sobre a estrutura da língua, levando em conta as etapas de aquisição fonológica.

Palavras-chave: Monotongação; Variação linguística; Escrita inicial.

Abstract

This research focuses on the analysis of the different representations of diphthong [ej] in the written production of elementary school children, in the light of some principles of Generative-based Phonology. To describe the phenomenon, the objective is to analyze: i) the different representations of diphthong [ej] in children's writing; ii) the performance of phonological principles about the phenomenon; iii) the relationship between the process of language acquisition and the stages of writing learning; iv) the influence of speech on writing; and v) the possible structural and social constraints for diphthong reduction. The theoretical and methodological approach of this study is based on: i) the guiding principles of Language Acquisition (CHOMSKY & HALLE 1968; CHOMSKY, 1978); ii) the assumptions of Variationist Sociolinguistics (WEIREICH; LABOV; HERZOG [1968], 2006); iii) in the studies of the syllable theory (BISOL, 1989; COLLISCHONN, 2001), and iv) the robustness theory postulated by Clements (2009) and brought to the Portuguese segments by LazzarottoVolcão (2010). The data that served as the basis for the analysis were extracted from productions written by apprentices who attend the 3rd to 5th grade of elementary school of a public school in the city of Rio de Janeiro. The material resulting from the data collection was coded and analyzed quantitatively and probabilistically through the RBrul computer program, so that the conditioning factors and the performance of phonological principles common to natural languages could be observed. Among the main results, are: higher frequency of diphthongization; monophthongisation against tepe and alveopalatals; influence of the affix to reduce [ej]; stabilization of the representation of the diphthong with the advancing years of schooling; cancellation of diphthong in unstressed syllables; higher frequency of overgeneralization in the face of alveopalatals and stressed syllables. It is intended that these results found in the present research add up to information and contribute to the previously developed studies, besides enabling the elaboration of proposals of activities that facilitate the learning process of writing, allowing the child to consciously analyze and reflect on the language structure, taking into account the stages of phonological acquisition.

Keywords: Monophthongisation; Linguistic variation; Initial writting.

Coordenação (en)

Coordenadora: Profa. Dra. Maria Eugenia Lammoglia

Vice-Coordenadora: Profa. Dra. Eliete Figueira Batista da Silveira 

Secretário: Renato Martins e Silva
posvernaculas@letras.ufrj.br

Atendimento (en)

Além de atender por e-mail, a Secretaria do PPGLEV oferece atendimento telefônico e presencial de segunda a quinta-feira, das 13h às 17h, na sala F-319.

Endereço (en)

Programa de Pós-Graduação em Letras  (Letras Vernáculas)
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F-319
Cidade Universitária — CEP 21941-917
Rio de Janeiro — RJ